Areas de Intervenção

Terapia Assistida por Animais

A Terapia Assistida por Animais (TAA) consiste na inclusão de animais, especificamente o cão, no processo de terapia, com o objetivo de promover a melhoria do funcionamento físico, social, emocional e /ou cognitivo da pessoa. O cão de terapia trabalha em parceria com o terapeuta para promover uma terapia estimulante, concebida para facilitar a recuperação do cliente.

É uma terapia indicada para crianças e jovens com perturbações de neurodesenvolvimento como sejam atrasos de desenvolvimento, dificuldades de aprendizagem, autismo, hiperatividade e défice cognitivo.

A Terapia Assistida por Animais é também um recurso para promover competências socioemocionais e cognitivas nas várias faixas etárias, desde crianças pequenas, a idosos e pode ser realizada em modalidade individual e grupal.  A terapia com animais pode ser realizada em consultório, em jardins de infância e escolas, lares de idosos ou noutras instituições.

Como serão as sessões?

As sessões serão muito semelhantes a uma sessão de psicologia “tradicional”.

A TAA adiciona um elemento extra às sessões de terapia, um animal presente na sala. Por vezes, a simples presença do animal é suficiente. Noutras, o terapeuta irá incorporar intervenções assistidas pelo animal, específicas para trabalhar os objetivos do cliente.

A sessão inicial envolve a recolha de informação. O terapeuta irá assegurar-se de que esta intervenção é apropriada, colocando várias questões, tais como a existência de alergias a animais. Na 2ª sessão a pessoa irá encontrar-se com o animal e o terapeuta e será desenvolvido um plano para atingir os objetivos terapêuticos.