Terapia Ocupacional

Terapia Ocupacional

A Terapia Ocupacional é a área da saúde que intervém nas dificuldades que o bebé, criança, jovem e adulto apresentam ao realizar uma atividade/tarefa/ocupação.

A terapia ocupacional recorre a técnicas terapêuticas integradas em atividades, com o objetivo de proporcionar ao indivíduo o seu máximo nível de funcionalidade e de independência.

Quando pedir uma avaliação de Terapia Ocupacional?

 Quando A CRIANÇA tem dificuldade em:

– Interagir com o seu redor/brinquedos/outras crianças

– Tocar e manter objetos nas mãos

– Na escrita (escreve da direita para a esquerda, escreve as letras em espelho, as letras são disformes)

– Segurar o lápis/caneta ou em usar corretamente objetos como a tesoura, o lápis e os talheres

– Apertar/abotoar ou  desapertar/desabotoar os atacadores/fechos/botões

– Vestir-se sozinho, mesmo com ajuda do adulto

Indicações terapêuticas para:

– Atrasos de desenvolvimento / dificuldades de aprendizagem

– Disfunções sensorio-motoras

– Amputações

– Desordens no desenvolvimento da coordenação

– Perturbações do Espetro do Autismo

– Dispraxias / Distrofia muscular / Hipotonia

– Hiperatividade / lentidão

– Lesões Obstétrica do Plexo Braquial

– Lesão dos nervos periféricos

– Malformações congénitas / Paralisia Cerebral / Spina Bífida

– Sequelas de queimadura

– Traumatismos cranioencefálicos     

Quando O ADULTO ou IDOSO tem dificuldade em:

– Cumprir horários ou gerir a sua rotina diária

– Cuidar da sua higiene pessoal, do seu espaço/casa

– Utilização/gestão de dinheiro

Indicações terapêuticas para:

– Falta de motivação ocupacional; perda de competências; normalização de comportamento.

E para as seguintes patologias:

– Acidentes Vasculares Cerebrais

– Traumatismos Cranioencefálicos

– Défices cognitivos / Multideficiência

– Problemas psiquiátricos / Estados Demenciais