Terapia Integração Sensorial

Integração  sensorial

Integração Sensorial refere-se ao processo neural, no Sistema Nervoso Central, através do qual o cérebro recebe, regista e organiza o input sensorial para uso na generalização das respostas adaptativas do corpo ao meio circundante, começando durante o seu desenvolvimento pré-natal.

Sinais de alerta para avaliação/despiste de disfunção sensorial:

– Chorar demasiado ou irritar-se demasiado

– Não tolerar o escuro e o movimento (bebé)

– Necessitar demasiado movimento/colo (bebé)

– Lentidão ou demasiada atividade

– Bater contra portas, cair frequente, ser “desajeitado”

– Carregar demasiado ou de menos no lápis

– Roer demasiado os lápis da escola ou rejeitar texturas e cheiros

– Dificuldades na fala, leitura e escrita

– Andar em bicos de pés ou ter dificuldade em coordenar braços e pernas

– Hipersalivação

– Tendência para birras ou postura demasiado passiva

– Não tolerar etiquetas na roupa ou roupa muito apertada

– Problemas de atenção e concentração

A intervenção em integração sensorial é realizada por um terapeuta ocupacional, em equipamento especializado, a sala de integração sensorial.