Psicoterapia e psicanálise

A psicanálise e a psicoterapia psicanalítica

 

A psicanálise e a psicoterapia psicanalítica, enquanto métodos terapêuticos, centram-se na compreensão aprofundada das dificuldades, do sofrimento, das relações e da realidade interna do sujeito. Dos conflitos e dos aspetos de si que já conhece e dos que, não tendo deles consciência, igualmente influenciam e frequentemente perpetuam formas de relação, de comunicação e de comportamento difíceis de alterar de outra forma e que, pelo seu carácter repetitivo, possam estar a comprometer a sua saúde, o seu bem-estar ou o seu desenvolvimento.

 

Disse W. Bion que no início de um processo psicanalítico o paciente dá o mesmo significado a seis situações diferentes que tenha vivido, enquanto no final encontra seis significados diferentes para cada experiência vivida.

 

É, simultaneamente, um processo intrapsíquico e interpessoal, em que a experiência emocional tem um lugar central e em que os ganhos na capacidade de produzir mudanças e si próprio e nas relações significativas se prolongam para além da duração do processo terapêutico.